Página inicial > Sertanejo > J > Jayne > Estrada da Esperança

Estrada da Esperança

Jayne

Amigos para Sempre


Eu vim de longe, muito longe, bem distante
E só eu sei por quanta coisa eu passei
Andei na estrada da esperança e da saudade
Prα buscar felicidade, quanta pedra eu já rolei

Andei do lado de um moço encantado
Era poeta, em tanta coisa acreditei
Menina moça, loucamente apaixonada
Numa noite enluarada, por amor eu me entreguei

Uma criança pra cuidar de outra criança
Ela chorava e quantas vezes eu chorei
E cada porta que eu batia se fechava
E por tudo que faltava, outra vez eu me entreguei

E tantas vezes, tantas noites, tantos outros
Por muito pouco, só pra não faltar o pão
Fui caminhando nas esquinas dessa vida
Amargando a dor doída, eu e Deus na solidão

Quando eu pensava que a ilusão tinha acabado
Alguém chegou, me deu a mão e me falou
Que me queria sem ligar pro meu passado
Me queria do seu lado para construir um lar

Casou comigo deu seu nome pro meu filho
Aquele gesto conquistou meu coração
Amo esse homem, minha vida devo a ele
Descobri do lado dele o valor de uma paixão

E pra quem hoje vive o que eu vivi
E pra quem hoje chora o que eu chorei
Quero dizer que apσs a noite mais escura
E mais cheia de amargura
Outro dia vai nascer
Que tudo passa e tudo vai passar
Não perca a fé, não pare de sonhar
Pois qualquer dia tua vida vai mudar
O seu dia vai chegar
E o amor vai renascer

Compositor: Elias Muniz e Carlos Colla

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jayne no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS