Página inicial > Sertanejo > J > Jayne > Brisa da Paixão

Brisa da Paixão

Jayne


Hoje de manhã
Em nossa cama a solidão me abraça
Pela janela uma brisa passa
Bate de leve no meu corpo e vai

Meu coração
Pega carona nessa brisa mansa
Pensando que talvez assim te alcança
Por esta estrada que te leva e trás

A viajar
A sua vida é sempre desse jeito
Cada regresso eu sinto no meu peito
Uma certeza que não vai ficar

Meu corpo é seu
Feito um brinquedo que você domina
Viver na estrada sei que é tua sina
E a minha sina é sempre te esperar

Deus te acompanhe
Pense em mim
Se der sono encoste
Vá dormir

Se a saudade às vezes
Ter alcançar
Dê estrada
E deixe ela passar

Quando voltar
Vai me encontrar morrendo de saudade
Mas em seus beijos mato essa vontade
De viajar na brisa da paixão

Meu corpo é seu
Feito um brinquedo que você domina
Viver na estrada sei que é tua sina
E a minha sina é sempre te esperar

Deus te acompanhe
Pense em mim
Se der sono encoste
Vá dormir

Se a saudade às vezes
Ter alcançar
Dê estrada
E deixe ela passar

Deus te acompanhe
Pense em mim
Se der sono encoste
Vá dormir

Se a saudade às vezes
Ter alcançar
Dê estrada
E deixe ela passar

Compositor: Joel Marques

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jayne no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS