Página inicial > Pop/Rock > J > Jay Vaquer > Legítima Defesa (Part. Megh Stock)

Legítima Defesa (Part. Megh Stock)

Jay Vaquer

Canções de Exílio


Quarenta e sete do segundo tempo
Adrenalina no talo, deu aquele estalo
Num insight, sua cabeça mudou
A bala passou reto
Arrebentou o lustre no teto
Ele amassou a carta e realizou
"Dora iria adorar espalhar minhas cinzas
Mas ainda não acabou"

Desempregado, desesperado, endividado
Sem perspectiva, sem saída
Antes de desistir da vida
Quis se fazer presente
Eternamente num presente
Como sempre desejou
Sua existência não seria indiferente
Sem qualquer plano mirabolante
Simplesmente teve um rompante coerente
Deu corda num lance que alimentou
Quando viu um filme sobre o Kennedy
Soube de uma rara oportunidade
E no meio de uma festa de inauguração
De uma obra superfaturada
Se aproveitou da segurança meio esculhambada
Aliás, como quase tudo nessa terra
Não escapa quase nada e sem nada a perder
Ciente de que seu nome entraria pra história
Numa destreza surpreendente pra quem estava mamado
Meteu um pipoco estridente e certeiro
Na testa da presidente
E daí pra frente, realmente tudo ficou
Bem diferente

É claro que não teve mais sossego
Sob o clamor do povo
Foi julgado, inocentado por legítima defesa
Mas que beleza, passou a ser adorado
Virou tese de mestrado, tema de musical
No ano seguinte já era enredo da acadêmicos do salgueiro (vai, vai te catar, vai te catar)
Exemplo de um brasileiro, coragem sem igual

Quando você menos esperar
Um dia lindo vai raiar
Pra acabar com a desesperança
Quando você menos esperar
O tormento vai passar
Passear sem mandar lembrança
Quando você menos esperar
Esperar vai te levar
A saber que esperar... não basta

Aproveitou o embalo pra fazer uma bariátrica
A saída mais prática.
Ficou fininho rapidinho
Metade do caminho para o objetivo final
Sarado de tanquinho rasgado
Que alegria voltar a mijar enxergando o bilau
Queria mostrar logo todo o seu potencial
Seu talento?
Mas quem precisa desse negócio ultrapassado?
Ele já tinha contratado uma assessoria top e sagaz
Cada vez mais comentado o requisitado rapaz
Mídia training pra garantir a asneira ideal
Que queriam escutar na sua image
A fórmula de credibilidade e sucesso
Vendia tudo que se pode imaginar
Margarina, cerveja, creme de barbear
Até operadora de celular parecia razoável
Sua cara estava em tudo, sempre tão confiável

Acumulou uma boa grana
A coisa foi ficando cada vez mais bacana
Passou a vara numas famosas pra causar na rede
O pote parecia gostar daquela sede
Ficou brother dos blogueiros mais hypados
Encontros animados, regados
Tudo tão cool! tudo tão cool!

Quando você menos esperar
Um dia lindo vai raiar
Pra acabar com a desesperança
Quando você menos esperar
O tormento vai passar
Passear sem mandar lembrança
Quando você menos esperar
Esperar vai te levar
A saber que esperar não... basta

Dora apareceu avisando que não podia deixar
De participar daquele momento
Estar junto e celebrar o triunfo
O fim do sofrimento
"Sempre soube que você chegaria lá"
O corpo recauchutado, todo esticado
Meteu aquela boca de pato
E um cobiçado nariz de mico leão dourado
"Olha como estou sexy sem ser vulgar"
Veio cheia da graça, ave maria
"Ontem comi você todinho, tava gostoso"
"Essa piadinha outra vez?"
Era o nome dele num prato do paris 6
Ele nem quis saber de papo
Mandou a velha ralar
"Vá zerar o tinder com os molecotes"
Ela disse "Ingrato sempre quis ajudar,
Ia até te convidar pra meditação,
Privê babado com o Sri prem baba
E um pocket presença de Anitta pros bichos da barriga.
'Baba, olha o que perdeu!'"
"Aquele que perdeu agradece
Continue ajudando e pare de me perturbar"
Começou a cansar da esbórnia
Projacland já não interessava muito
Foi morar na califórnia
Contratou personal tudo
"Personal wipe my ass"
Antes mesmo de estar borrado
Pra não correr o risco de um dia voltar a ver o céu nublado

Quando você menos esperar
Um dia lindo vai raiar
Pra acabar com a desesperança
Quando você menos esperar
O tormento vai passar
Passear sem mandar lembrança
Quando você menos esperar
Esperar vai te levar
A saber que esperar não basta

Onde eu tô?

Letra enviada por Leandro Saueia

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jay Vaquer no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS