Página inicial > J > Janete Vidal > Samaritana

Samaritana

Janete Vidal


E chegando em samaria ele sentou-se junto a fonte
E disse dá-me de beber
E a mulher lhe respondeu como sendo tu judeu
Me pedes algo ó senhor? És diferente eu reconheço
Mas tua atenção eu não mereço samaritana sim eu sou
Profundamente ele a olhou e com amor então falou
Sua natureza revelou

Se conhecesses quem te fala me pedirias
Água da vida que jorra do trono eu te daria
Conheço todo o teu passado, eu perdoo os teus pecados
Eu sou Jesus, posso mudar o teu viver

E ela o seu cântaro ali deixou
e voltando a cidade anunciou
O messias esperado a nós chegou
o seu nome é Jesus o salvador
Não está preso a convenções
veio quebrar nossos grilhões
E vida eterna e paz sem fim veio nos dar

Se conhecesses quem te fala me pedirias
Água da vida que jorra do trono eu te daria
Conheço todo o teu passado, eu perdoo os teus pecados
Eu sou Jesus, posso mudar o teu viver

E ela o seu cântaro ali deixou
e voltando a cidade anunciou
O messias esperado a nós chegou
o seu nome é Jesus o salvador
O seu amor eu não mereço, mas mesmo assim me perdoou
Ele me disse creia em mim e vida eterna tu terás

Se conhecesses quem te fala me pedirias
Água da vida que jorra do trono eu te daria
Conheço todo o teu passado, eu perdoo os teus pecados
Eu sou Jesus, posso mudar o teu viver

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Janete Vidal no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS