Aquela Cruz

Jackeline Ribas


Em Jerusalém ouviu-se o clamor do Mestre
Dizendo ao Pai:"-Se possĂ­vel for afasta de mim este cĂĄlice
Mas que nĂŁo se cumpra a minha,mas a Tua vontade"
Olho para os olhos do Mestre, sinto Seu amor
Olho para o rosto, desfigurado,
NĂŁo posso imaginar, quanta dor
Olho para as mĂŁos que hĂĄ
Tantos curaram, pregadas na cruz
Olho para os pés que caminharam
Levando a luz, pregados na cruz

Aquela cruz era minha
A minha culpa carregou
Aquela dor era minha
E os pecados meus
Mas por amor ele se entregou
E sĂł por amor pagou
Pagou o preço que era meu

Olho para aquela cruz e
ali vejo, os meus pecados
Sendo carregados por alguém que nunca pecou
Ele se fez erro em meu lugar
Desceu da glĂłria sĂł pra me salvar
E hoje por suas pisaduras sei que fui sarado

Salvou-me,curou-me
Libertou-me
E seu precioso sangue
Derramou por amor

Compositor: Jack Ribas

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Jackeline Ribas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS