Cancha Reta

Jacinto da Rosa


Êh, êh, êh se vieram
Ah, ah, ah, se agarrara
Pra chegar nas quatro quadras

Carreira de cancha reta
Que é muito divertida
E tradição da gauchada)
Já são quinze p'ras duas
sessenta em cada lombo chegando no partidor

E o juiz com a bandeirinha
‘tá mandando pra chegada os seus dois julgador
Os cavalos emparelhados
os xirús apreparados pra correr a cancha reta
Se a carreira embatucou
chamem o terceiro homem que é o desempatador

O tordilho e o tostado
dois animais respeitados pra correr esta carreira
Jogo dinheiro a dobrar do pescoço
se empatar só quero ver a poeira

Os cavalos estão partindo
um ficando
outro saindo
largue de qualquer maneira

E o juiz torna a falar:
se vocês não ‘se acertar' eu encepo esta porqueira

E foi dada a largada que carreira embatucada
até as três quadras e meia
O povo invadiu a cancha nos trilhos
só ficou mancha credo que coisa tão feia

O tordilho tastaviou
o tostado destrilhou
e um xirú se quebrou
O juiz determinou que não teve vencedor e a carreira terminou.

Compositor: Jacinto Da Rosa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Jacinto da Rosa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS