Ambiente (tradução)

J Balvin

Vibras


Ambiente


Tenho a necessidade de saber o que pensa

Quando pensa em mim

Na intimidade me convence de que não se arrepende

Das coisas que faz à mim

E seu cabelo que chega ao sol

Um olhar que não reflete medo

Um desejo que eu tenho preso

Quero mentir, mas sou sincero


Aqui, machucando a mente

E sendo paciente quando demora

Faz tempo que queria te ver

E hoje por sorte sou quem te devora

Já não te importa nada, é uma menina má

E no quer sair

E se há fumaça no ambiente

E fica louca e não quer parar

Recebo seu instinto animal

Esse que sai quando já é tarde

Tem seu ponto e eu sei, o encontrei

Ieh-eh-eh-eh-eh


Isso me fez mal com um olhar

Olhos de diaba, como se soltava

Que não era má ela me jurava

Mas demonstrava outra coisa quando se entregava


Já cheguei para apagar esse fogo

Fazer-te bem para te-lo de novo

Sei que talvez tens um namorado novo

Mas está inquieta por esse veneno, uoh-uoh-uoh

Menina, tu vás sem freio

Você gosta de pecar, como um estrangeiro

Em minha cama se instala e amanhece

Como falas, me desespero (me desespero, bebê)


Aqui, machucando a mente

E sendo paciente quando demora

Faz tempo que queria te ver

E hoje por sorte sou quem te devora

Já não te importa nada, é uma menina má

E no quer sair

E se há fumaça no ambiente

E fica louca e não quer parar

Recebo seu instinto animal

Esse que sai quando já é tarde

Tem seu ponto e eu sei, o encontrei

Ieh-eh-eh-eh-eh


Se você quizer, diz pra ver

Você está quente? Eu também

Subiu de nível

Não o perco cem

Já passou uma hora

E segue pedindo como se começamos agora


Já cheguei para apagar esse fogo

Fazer-te bem para te-lo de novo

Sei que talvez tens um namorado novo

Mas está inquieta por esse veneno, uoh-uoh-uoh

Menina, tu vás sem freio

Você gosta de pecar, como um estrangeiro

Em minha cama se instala e amanhece

Como falas, me desespero (me desespero, bebê)


Tenho a necessidade de saber o que pensa

Quando pensa em mim

Na intimidade me convence de que não se arrepende

Das coisas que faz à mim

E seu cabelo que chega ao sol

Um olhar que não reflete medo

Um desejo que eu tenho preso

Quero mentir, mas sou sincero


Aqui, machucando a mente

E sendo paciente quando demora

Faz tempo que queria te ver

E hoje por sorte sou quem te devora

Já não te importa nada, é uma menina má

E no quer sair

E se há fumaça no ambiente

E fica louca e não quer parar

Ambiente


Tengo la necesidad de saber lo que piensas

Cuando piensas en mí

En la intimidad me convence de que no me arrepienta

De las cosas que me hace a mí (mí)

Y su pelo que llega al suelo

Una mirada que no refleja miedo

Un deseo que me tiene preso

Le quiero mentir, pero le soy sincero


Aq-Aquí dañándome la mente

He sido paciente cuando te demoras

Hace tiempo quería verte

Y hoy por suerte soy quien te devora

Ya no le importa nada, es una nena mala

Y no le quiere bajar

Y si hay humo en el ambiente

Se pone demente y no quiere parar

Me saca su instinto animal

Ese que sale cuando ya es tarde

Tiene su punto y yo se lo encontré

Ieh-eh-eh-eh-eh


Me puso malo con una mirada

Ojos de diabla, como se soltaba

Que no era mala ella me juraba

Pero demostraba otra cosa cuando se entregaba


Ya llegue yo pa' apagarte ese fuego

Hacértelo bien para vernos de nuevo

Sé que tal vez tienes un novio nuevo

Pero estás inquieta por este veneno, uoh-uoh-uoh

Nena, tú vas sin freno

Te gusta pecar, te adueñas de lo ajeno

En mi cama se instala y amanecemos

Como me hablas, me desespero (me desespero, bebé)


Aq-Aquí dañándome la mente

He sido paciente cuando te demoras

Hace tiempo quería verte

Y hoy por suerte soy quien te devora

Ya no le importa nada, es una nena mala

Y no le quiere bajar

Y si hay humo en el ambiente

Se pone demente y no quiere parar

Me saca su instinto animal

Ese que sale cuando ya es tarde

Tiene su punto y yo se lo encontré

Ieh-eh-eh-eh-eh


Si quieres, dime, a ver

¿Tú estás hot? Yo también

Subiste de nivel

No le bajas de cien

Ha pasado de una hora

Y sigue pidiendo como si empezamo' ahora


Ya llegue yo pa' apagarte ese fuego

Hacértelo bien para vernos de nuevo

Sé que tal vez tienes un novio nuevo

Pero estás inquieta por este veneno, uoh-uoh-uoh

Nena, tú vas sin freno

Te gusta pecar, te adueñas de lo ajeno

En mi cama se instala y amanecemos

Como me hablas, me desespero (me desespero, baby)


Tengo la necesidad de saber lo que piensas

Cuando piensas en mí

En la intimidad me convence de que no me arrepienta

De las cosas que me hace a mí (mí)

Y su pelo que llega al suelo

Una mirada que no refleja miedo

Un deseo que me tiene preso

Le quiero mentir, pero le soy sincero


Aq-Aquí dañándome la mente

He sido paciente cuando te demoras

Hace tiempo quería verte

Y hoy por suerte soy quien te devora

Ya no le importa nada, es una nena mala

Y no le quiere bajar

Y si hay humo en el ambiente

Se pone demente y no quiere parar

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS