PĂĄgina inicial > MPB > I > Ivon Curi > Farinhada

Farinhada

Ivon Curi

Maxximum: Ivon Curi


refrĂŁo:
Tava na peneira,
Eu tava peneirando.
Tava no namoro,
Tava namorando.
(bis)

Na farinhada
LĂĄ na Serra do Teixeira,
Namorei uma caboca,
Nunca vi tĂŁo feiticeira!
A meninada
Descascava macaxeira,
Zé Migué no caititu
E eu e ela na peneira.

(refrĂŁo)

O vento dava,
Sacodia a cabeleira
E levantava a saia dela
No balanço da peneira.
Fechei os Ăłio
E o vento foi soprando.
Quando deu um redemoinho,
Sem querer, tava espiando.

(refrĂŁo)

De madrugada,
NĂłs fiquemo ali sozinho.
O pai dela soube disso
E deu de perna no caminho.
Chegando lĂĄ,
Até riu da brincadeira:
NĂłs estava namorando
Eu e ela na peneira.

(refrĂŁo)

A mais bonita
Na peneira era rainha
Eu cheguei pra junto dela
E falei pra moreninha:
Oi, vamo ver
Quem peneira mais farinha
Se eu perder
VocĂȘ me ganha
Se eu ganhar, vocĂȘ Ă© minha!

Compositor: ZĂ© Dantas

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Ivon Curi no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS