PĂĄgina inicial > MPB > I > Ivon Curi > Delicadeza

Delicadeza

Ivon Curi


Encantado!
É um prazer conhecĂȘ-lo!
Como passou? Como vai?
Na certa voltarei a vĂȘ-lo!
Sou fulano de tal
Moro na rua tal
Apareça!
É um prazer que tenho em recebĂȘ-lo!

O que se faz sĂł por delicadeza!
Ficar de pé quando se quer sentar
E numa casa ter que jejuar
Se nos convidam para jantar

O que se faz sĂł por delicadeza!
Ficar sorrindo sĂł por cortesia
Quando a vontade era de dizer:
Não me aborreça!
Tu me dĂĄs azia!

Mas o que se faz sĂł por delicadeza!
Rir de piadas que nos dĂŁo tristeza
Elogiar o chefe da repartição
Quando a vontade era mandar lamber sabĂŁo
Bom, bom, muito bom!
Bom, bom, bom, bom

Encantado!
(Que coisa horrĂ­vel!)
É um prazer conhecĂȘ-lo!
(Ê mentira danada!)
Como passou? Como vai?
(NĂŁo interessa!)
Na certa voltarei a vĂȘ-lo!
(Ham! Deus me livre!)
Sou fulano de tal, moro na rua tal
(Tudo errado...)
Apareça!
(Nunca!)
É um prazer que tenho em recebĂȘ-lo!

(repete as segunda e terceira estrofe)

Tudo quanto se faz
É somente por delicadeza
Rir de piadas que nos dĂŁo tristeza
Elogiar o chefe da repartição
Quando a vontade era mandar
Era bem mandar
Lamber sabĂŁo!

Encantado!
Pois sim!

Compositor: Lombardi Filho/pedro Rogério

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Ivon Curi no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS