Página inicial > MPB > I > Ivon Curi > Comida de Pensão

Comida de Pensão

Ivon Curi

Maxximum: Ivon Curi


Pra fazer economia
eu fui morar numa pensão
Onde a bóia todo o dia
Era só feijão, feijão

Durante a semana inteira
Eu com o coração na mão
Vinham as compras lá da feira
Uma porção de cestas
Só de feijão

Feijão preto com quiabo
Mulatinho com chuchu
Nunca vi sopa de nabo
Só farofa com tutu
Domingos e feriados
Variava a refeição
Vinham ovos estrelados
Carne seca no feijão

Feijão, feijão, feijão
Era só feijão, feijão

De segunda a sexta-feira
Eu sempre mal com indigestão
Se me queixava à cozinheira
Me dava um chá, chá de feijão
Mas eu pensando que era vivo
Chamei a dona da pensão
- Dona Olga por favor um aperitivo
Vinha batida de feijão

Reclamar com a Teresa
Não adiantava não
Pois até na sobremesa
Vinha doce de feijão
Domingos e feriados
Variava a refeição
Vinham ovos estrelados
Carne seca no feijão

Feijão, feijão, feijão
Era só feijão, feijão

Maionese de feijão
Refresco de feijão
Sanduíche de feijão

Compositor: Francisco A. Balbi / Miguel Miranda

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ivon Curi no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS