Ao Telefone

Isabella Taviani


Você me chama
E eu sempre volto pros seus braços
Meu corpo reclama saudade, um espaço
Dou sempre um jeitinho da gente encostar

Você me ama
E ama de novo e depois novamente
E é tão gostoso ficar simplesmente
Nos braços teus sem ter hora de ir

Se depois as cobranças da vida afastarem nós dois
Não se culpe eu entendo e até te protejo
Das fofocas alheias, ninguém beija teu beijo

Deixa estar
A distância não pode apagar nosso fogo
Eu peço socorro se ficamos longe
Falando contigo ao telefone

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Isabella Taviani no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS