• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    intro]
    Tudo começou quando a rua me viu

    [refrao]
    Tudo começou quando eu vi a rua
    Tudo começou quando a rua me viuviu(x3)

    Tudo começou quando eu vi a rua
    Tudo começou.....
    Era uma vez, era outra vez
    Pés descalços no cerrado

    Oito anos e um sonho no barraco...Adivinha quem é...
    Na rua o dia todo, pensar na escola é muito pouco
    Disso tudo fliperama era mais louco...Adivinha quem
    é...
    Cabelo velho, beirando o cemitério

    Olhar carro no dia de finados...Adivinha quem é...
    Se inspirava nos malucos de jna
    Um dia eu chego lá...Adivinha quem é...
    Como é que pode sonhar com uma peita no natal

    Jogar bola com cabeça de boneca no quintal
    Crescer no meio do crime com fama de marginal
    Fim de semana de lazer, pipa, biloca ou fumal
    Faz tempo heim...

    Mundo moderno, kichute no campão
    Cyclone semi-nova vai pro frevo com os irmão
    Mais depois dos 15 é outra cena
    Adrenalina e sonho se misturam com os problemas

    De olhos vermelhos, bermuda e chinelo
    Polícia na banguela, essa é minha quebra
    Pra mim vi mais de mil portas abertas pro crime,
    Entende
    Não precisei ser crente pra ser consciente, entende
    Hoje somos mais uns loucos nos guetos do brasil
    Tudo começou quando a rua me viu

    [refrao]
    Tudo começou quando eu vi a rua
    Tudo começou quando a rua me viuviu(x4)

    Pra cima e pra baixo na cola na pipa, cerol de cima
    Branquela até debaixo d'Água...Adivinha quem é...
    Ralei no fumal, natural,
    Levar tiro de sal e tal...Adivinha quem é...

    Chega "molequin" presta fita do mix mania aí
    Não deu pra curtir, tava na bola, nada nada
    No radin do picolé rende as moeda
    Fliperama, quer me ver tô lá ná 1, sete dias na
    Semana

    Ia pra escola e o pensamento na cyclone
    Mais tarde no rolê com a ceci, deus sabe onde
    Num barraco lá na 2,
    Descia com os pivetes pra curtir no funções poucas
    Condições

    Obrigado mãe, hoje nóis sabe dar valor
    No que a rua me ensinou
    Nóis é pelo rap, pela vida, pelo som
    Hoje somos mais uns loucos nos guetos do brasil....

    Tudo[final]
    Tudo começou quando a rua me viuviu...

    [refrao]
    Tudo começou quando eu vi a rua
    Tudo começou quando a rua me viuviu... (x4)

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Hungria

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.