• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar a carreta dos moleque
    Quer parar se fumaça sobe e desce,
    Tem nada contra também nada a favor,
    ninguém tem culpa se os bass te incomodou,

    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Bicudo tela, as tela movimentação
    Grave incomoda liga ai 190 irmão
    Os botina invejoso sempre tem na night
    Os olho gordo eu receito só colírio light
    É desse jeito os carro louco sobe e desce o morro
    Opala sem suspeita e em ritmo febroso
    Grave Grave, é de lei
    Perco a audição mas não abaixo o cd-play
    Auto-espectativa para chegar a sexta
    Rap é a trilha-sonora dos meus cara preta
    Policia para, quer guinchar, incomoda até umas horas,
    mas eu não tenho culpa se roubaram minhas mola
    Não faço mal a ninguém e gambé vem de londrinha
    Mas não sabe que a carreta é o paraíso das novinha
    É o paraíso das novinha, Ha é desse jeito

    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar a carreta dos moleque
    Quer parar se fumaça sobe e desce,
    Nem nada contra também nada a favor,
    ninguém tem culpa se os bass te incomodou,
    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar, quer parar, quer parar,

    Lá vem eles, tá ligado mulequin tá embaçado
    Rap treme o chão só carreta louca flagrante esparrado
    Os homens vem, vem, vem na cola sei que vem, vem
    Mas aqui nunca da nada só tem moleque do bem em emmm.
    Joãozinho então se liga até du lavei as bu e se
    mostrar é mau
    Os loke bota a capitu, giroflex, sirene, não treme,
    que o bote é certo, esperto
    Curto o bom da vida, sem mosca no come-quieto,
    Não tem sigilo não, sirene zoa, irmão, os cana passa
    mal se ve os calorzão
    E chama a atenção, essa é a intensão, gravera aqui é
    nossa cara e ninguém para não!
    Dumingão, chupazé, e eu não to de mole, piriga cresce
    as biloca logo vem de love love,
    Só que sirene não embaça e eu sempre tô no auge, auto
    falante é cão raivoso e sempre vai falar mais alto

    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar a carreta dos moleque
    Quer parar se fumaça sobe e desce,
    Tem nada contra também nada a favor,
    ninguém tem culpa se os bass te incomodou,
    Quer parar, quer parar, quer parar,
    Quer parar, quer parar, quer parar,

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Hungria

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.