• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Nos albores da colonização
    Ao procurarem o caminho do sucesso
    Os pioneiros com fibra e devoção
    Nos integram a rota do progresso.

    Nos marcos do civismo aqui plantados
    Nada existe que valor maior reúna
    Teus maiores hão de ser sempre lembrados
    Pelos muitos que nos deram Araruna

    Das antigas reduções missionárias
    Que adentrarem nos agrestes sertões
    As valorosas bandeiras
    Aqui formaram novas civilizações.

    Da ave azul de plumagens multicores
    Araruna tens o nome abençoado
    Este hino de amor e de louvores
    Diz o quanto te quer bem o filho amado.

    És pela força da mais ardente fé
    Construída com alma e ardor
    Verdes jardins de café
    Atestam do teu povo intenso labor.

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Hinos

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.