Avalancha (tradução)

Héroes Del Silencio


Avalanche


A loucura nunca teve um professor

para aqueles de nós que vão correr

sem rumo perpétuo

em qualquer outra direção

com o tal de não domar

os cavalos da exaltação

a rotina escuresse as púpilas

que se fecham aos desfrutes que nos restam


Avalanche *4


Precisamos do valioso tempo

que abandona sem saber

o que fazer com ele

nós somos a comida e

alguém ésta realmente faminto

não há retorno à consciência

depois da tempestade de um amor

tempestuoso


Avalanche... *4


Ainda temos coisas por fazer

se você não der um passo

fica travado

ainda temos muita coisa a dizer

e você não fala


A loucura nunca teve um professor

para aqueles de nós que vão correr

sem rumo perpétuo

a morte será um ornamento que

vou por como o presente da minha vida

a lua exerce estranhas influências

que se contradizem

e não há quem decifra-las


Avalanche *2

Avalancha


La locura nunca tuvo maestro

para los que vamos a bogar

sin rumbo perpetuo

en cualquier otra dirección

con tal de no domar

los caballos de la exaltación

la rutina hace sombra a las pupilas

que se cierran a los disfrutes que nos quedan


Avalancha *4


Necesitamos el valioso tiempo

que abandonas sin saber

que cojones hacer con él

nosotros somos la comida y

alguien esta efectivamente hambriento

no hay retorno a la conciencia

tras el desvario del amor

tempestuoso


Avalancha... *4


Aun nos quedan cosas por hacer

si no das un paso

te estancas

aun nos quedan cosas por decir

y no hablas


la locura nunca tuvo maestro

para los que vamos a bogar

sin rumbo perpetuo

la muerte sera un adorno que

pondré al regalo de mi vida

la luna ejerce extraños influjos

que se contradicen

y no hay quien descifre


Avalancha *2


Compositor: Alan boguslavsky

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS