Vaga Lua

Hangar XVIII

Original


Lua branca

Me lembra o teu olhar

E o teu gosto de me machucar



E o teu corpo

É como seda e mar

Quero rasgá-lo e nele navegar



E o teu cheiro me entorpece

Me faz perder o rumo

Sem teu beijo meu caminho escurece

Pra você não tem bem, não tem mal

Não tem prece.



Vaga Lua, Vaga Lua

Vaga Lua vem me iluminar.

Vaga Lua, Vaga Lua

Vaga Lua vem pra me banhar



Lua branca

Me lembra o teu olhar

E o teu gosto de me machucar



E o teu corpo

É como seda e mar

Quero rasgá-lo e nele navegar



E o teu cheiro me entorpece

Me faz perder o rumo

Sem você meu caminho escurece

Pra você não tem bem, não tem mal

Não tem prece.



Vaga Lua, Vaga Lua

Vaga Lua vem me iluminar.

Vaga Lua, Vaga Lua

Vaga Lua vem pra me banhar.

Compositor: Douglas Carneiro / Oscar Marinero / Hermes Adriano Drechsel / Everson Martins / Roni Müller

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Hangar XVIII no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS