Página inicial > Pop/Rock > H > Hangar XVIII > Prece A Santo Antônio

Prece A Santo Antônio

Hangar XVIII

Hangar


Há muito tempo atrás

Na era medieval

Você me levava ao cinema

Nas noites de Natal

Agora sequer pega na minha mão

Nem quando sente medo

Chiclete, Coca-cola

Drops de hortelã e whisky

Dançava como o tal

Na cama, perfeito

Agora não dá uma inteira

Reclama de mal jeito

A velha enxaqueca

Vou fazer greve de fome

Tomar um pá de providências

Assim não dá pra agüentar

Esse papo de política

Nada disso

Vai conseguir me apagar

Então eu digo:

Ah, baba, baba, baby

Eu te quero mais…



Há muito tempo atrás

Talvez em Woodstock

Você cantava Bob Dylan

Ao pé do meu ouvido

Agora sequer canta

Quando muito fala

Há vezes, balança a cabeça

Sei que virei um troféu

Em cima do armário

Vez em quando você tira o pó

Mas só quando me olha

Fica de um lado pro outro

Olhando seu umbigo

Pra criar juízo

Vou espancar meu Santo Antônio

Por um minuto de atenção

Sim ou não

Talvez ele possa me curar

Desse fogo que vive a me queimar.

Compositor: Douglas Carneiro/don Marco

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Hangar XVIII no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS