Página inicial > Pop/Rock > H > Hangar XVIII > Estrela Guia

Estrela Guia

Hangar XVIII

Hangar


Oh, baby, quanto tempo? Nem você imagina...

Vem de eras esse caos

Você vive um inferno... E eu queria a luz...

Você finge e não quer, mas no fim seduz

E eu fico zoando no céu do teu pensamento.



Oh, baby, quanto tempo faz...

Juro eu não tenho culpa.

Quanto tempo o sexo não se dá

É só uma angústia quase infernal

Pele doentia, coquetel mortal

Vou vagando num mausoléu

Querendo te encontrar...



A minha estrela guia...

Na vida tão vazia

Anjo, me faz brilhar

Feito o sol da manhã e o luar

Estrela guia

Por essa noite fria

Viver sem você, não dá

Deixe o sol brilhar

Estrela guia...



Vou seguindo os teus passos, na sombra da tua libido

Sentiria o teu pulsar entre guetos e bares a se difamar

Drinques em motéis, beira de estrada

Entre os dedos em que o tempo

Cruel se esvai...



Como pode o homem viver

Com o coração a se ilhar

Deus, por quanto tempo hei de esperar

A noite...

O luar...

E o brilho das estrelas

Lembram minha sina

De um dia te fazer voltar

Essa história de amor vai vingar...

Compositor: Douglas Carneiro e Don Marco

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Hangar XVIII no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS