Página inicial > G > Guto B.d.p > Sonho de todo louco

Sonho de todo louco

Guto B.d.p


Eu sou mais um aqui, na selva de pedra
Desprovido de riquezas, morador da favela
Aprendi morrer por ela, não importa o quanto eu subir
Na minha alma as vielas sempre vão existir
Cresci, no meio da maldade, a minha realidade
Era achar que trocar tiros era minha vantagem
De manhã cedo, trombava meus parceiros
Já vinha arrecadando o dinheiro do movimento
É isso memo, com o crime fui me fortalecendo
Enriquecendo, e vendo vários irmãos meus morrendo
É lamentável, vários com o apetite insasciável
Catador dos bons, eficaz, implacável
157, Pra vida, por dinheiro, ou por amor
Amor a profissão, que o sistema estipulou
É isso que eles querem, mano fica atento
Um vacilo seu, e la vem seu julgamento
Leis, que não estipulam um movimento de melhoras
Eles te trancão la dentro, depois te jogão fora
Ainda se for assim ta bom
Paz para todos os meus manos que estão com o senhor
Covardia, hm, ta normal no dia-a-dia
É que predomina na periferia
Repressão, sofrimento, alienação, choros
Lamentos, depressão e velas em volta de um caixão
Mas o caminho do crime, é um túnel sem luz
É um brilho escuro, atraente, que te seduz
Se tem que ser, mais do que uma mente pensante
Saber trilhar o seu caminho e seguir adiante
Tragédias em instantes, hoje em dia é constante
Descaso entre nossos semelhantes

"é o sonho de todo louco, sair do sufoco
Ganhar a sua vida, desfrutar mais um pouco, da vida loka
Que nos leva a varios caminhos
Alguns que salvão e varios que tem espinhos"

Letra enviada por Guto BDP

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guto B.d.p no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS