Recomeçar

Gustavo Coimbra

Chuva de Novembro


Eu me lembro de viver
Ha um certo tempo atrás
Em uma outra direção
Nesse mundo tanto faz

Era tudo tão estranho
Ninguém pode entender
Mas era tão diferente
O que eu podia fazer

Tudo vai passar
Estamos tão distantes do fim
Nada vai ficar
Temos tanto tempo pra recomeçar

E agora não existe mais
Lugar pra se esconder
Já que agora ficou pra trás
O que eu podia esquecer

Hoje é tudo tão estranho
Ninguém pode entender
Mas é sempre tão diferente
O que todos podem fazer

Tudo vai passar
Estamos tão distantes do fim
Nada vai ficar
Temos tanto tempo pra recomeçar

Letra enviada por Gustavo Lima

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gustavo Coimbra no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS