Página inicial > G > Guilherme Cariolatto > Hereditariedade

Hereditariedade

Guilherme Cariolatto


Meu ser é love meu ser é amor

Que esse amor cante mais alto
Para o desabrochar no nosso ser
É o âmago do ser que esta por traz de todo desenho
Raiz de qualquer matiz, a origem de uma linguagem
Se o mundo reside na ilusão viva no mundo da verdade
Não sei se você acredita, na roda da vida
Mas jamais saia da sua ginga. pra criar na roda da vida
Na ginga da sua vida. uma chamada para a vida
A verdade deus não revela, uma ginga junto com deus
Uma chamada pra vida perceba o real por si um dia

Meu ser é love. muito amor e sustento para alma
Meu ser é love. fluindo sem falsas fortalezas
Use a audição para ouvir os céus
Use a visão no caminho da luz
O amor transforma uma coisa em outra

Tal como as marés se movem com os planetas
Nos também nos movemos
E a cada ferida formada mais proteção foi nos dada
Da cura para evolução. da densidade para luz
A beleza expirá-la o linear
Desde o primeiro choro até seu último suspiro
A mão da galáxia, de toda Via-Láctea
A origem de todo amor que está falando por nós
O meu passado não termina
Enquanto o altíssimo canta no coração
O futuro segue a imaginação e o presente assim se cria

Meu ser é love
Pode ser em qualquer lugar sem limitações
Fora do plano, dentro do plano, dentro de você
Dentro de algo, dentro de alguém
Pode ser fora ou não ser nada também
Amado todos seres querem e odiado]
Jamais alguém quer ser

Só quero amor

Enterro essa faca e agora a vida vou valorizar

Compositor: Guilherme Vicente Cariolatto Loureiro

Letra enviada por Guilherme Cariolatto

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guilherme Cariolatto no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS