Empoderamento

Guilherme Cariolatto


Minha única realidade
É a unidade com todas as formas de vida

Tentando andar sem cair pelas veredas do espirito
Não há separação há diversificação
Só teço meu manto fabrico o meu bordão
Deixa a vingança e aumenta o som do coração
Aonde enxergam muros eu vejo um portal
É só você quem fecha a porta do mal
É você quem fecha a porta do mal

Não de poder as trevas. não de mais poder as trevas
Não de poder as trevas
Eu ofereço ao universo o mesmo alimento que o meu

Veja no segundo a razão da gratidão
Quando a alma anoitece
Só ha luz no coração
De um milhão de vezes que a luz se faz
A luz ainda cega se não vem do peito também

O que iremos fazer
Quando todos os recursos e todos os seres
Forem sacrificados por vós?
O egoísmo controla o sistema e os recursos globais
Livro me da hipnose do dinheiro e peço aos céus por poder
E ele me lembra como tudo é único
Nosso coração é livre para se integrar aos elementos
Há algo em cada ser mais soberano que qualquer ordem
Ou lei

Compositor: Guilherme Vicente Cariolatto Loureiro

Letra enviada por Guilherme Cariolatto

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guilherme Cariolatto no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS