O Tarot

Guilherme Arantes


Naquele tarot,
Cada lâmina cortava em mim um novo mistério.
Ela, ali, me sorrindo.
Me abrindo as cartas todo um universo
Secreto.
No seu quarto pontilhado de luas e estrelas.
Rescendendo a insenso.
Luz de velas invadindo um fogo intenso em mim...
E eu ví tudo combinar em nós.

Todos os astros, todos os guias,
Todos os números pra contar,
Que sim ...
Eu vi tudo combinar em nós...
Todos os astros, todos os guias,
Todos os números pra contar ...

Tentei resistir
Dez de copas louco pra voltar no dia seguinte
Pressentimentos da gente
De jogar tudo pro alto e seguir junto pra sempre
Já não conseguia mais ficar sem sua alquimia,
Encruzilhada e vigília,
Nossos barcos livres náufragos na ilha,
Eu ví tudo combinar em nós ...

Todos os astros, todos os guias,
Todos os números pra contar,
Que sim ...
Eu vi tudo combinar em nós...
Todos os astros, todos os guias,
Todos os números pra contar ...

Ela, ali, me sorrindo.
Me abrindo as cartas todo um universo
Secreto.
No seu quarto pontilhado de luas e estrelas.

Eu ví tudo combinar em nós ...

Todos os astros, todos os guias,
Todos os números pra contar,
Que sim ...
Eu vi tudo combinar em nós...
Todos os astros, todos os guias,
Todos os números pra contar ...



Felipe Barretto

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guilherme Arantes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS