Guilherme Arantes

Descer A Serra

Guilherme Arantes

Guilherme Arantes


TIREI UM DIA DE SOROCABANA
BEBI CADA QUILÔMETRO MEDICINAL
ALÍ, NA BEIRA MATAGAL DA LINHA
EU SEMPRE IRIA EMBORA
PEGUEI O MEU AMOR E FUI DESCER A SERRA
DE CONVESCOTE, DE BEIJA-FLOR,
DE ROUPA VELHA, VENTO E VAPOR.



Benedito César - discosraros@brturbo.com.br

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guilherme Arantes no Vagalume.FM

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS