Céu de Dublin

Guilherme Arantes


Vem o outono
Faz ficar tudo assim
Nuvem cinzenta
Fumaça no céu de Dublin
Dia nublado
Névoa sem fim
úmida tarde
Eu sozinho não tenho lugar
E os navios
no porto
dizendo que a sorte
é um eterno esperar
e os vapores
subindo
lembrando que o amor
não tem onde chegar
Meu abandono
É a minha viagem
Deixo pra trás
casa, rua, cidade
no cais.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guilherme Arantes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS