Brasília

Guilherme Arantes

Coração Paulista


Brasília (Guilherme Arantes)

(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)

Loucos profetas previram a tua existência
milênio atrás
e nos seus mapas marcaram o centro do mundo
e nele tu estás
todas as lendas que cercam teu nome
jamais lograrão te explicar
nem a política, nem o teu preço
que foi tão penoso pagar

(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)

Tuas cidades satélites mostram o quanto és
uma aberração
vivem à margem da tua luxúria onde corre
o poder da nação
seitas estranhas proclamam que o teu destino
ainda não se cumpriu
rezam a vinda dos anjos de estrelas cadentes
no céu do Brasil

(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)

És a vitrine imponente e ostensiva
de um povo que vive a sonhar
com seu império futuro, tesouro,
presente que Deus vai mandar

(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)
(Uh...! Brasília)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guilherme Arantes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS