Guilherme Arantes
Página inicial > Romântico > G > Guilherme Arantes > A Cor da Aflição

A Cor da Aflição

Guilherme Arantes

Ronda Noturna


Onde está seu jogo de pernas
ou quem sabe o sangue de verão
Sua pele em vez de abafar
tem a cor da aflição
tem a cor da aflição
Sua vida agitada
é um corre-escorrega
é um sufoco, um pecado acabar
de minutos contados,
de atos calculados
Seus ouvidos não digerem
mais que a contundente
ponta do compasso
Seus amigos, tão assim, num vai-e-vem
não dizem nada certo
saia dessa se for esperto
saia dessa e diga...
Onde está seu jogo de pernas...(repete)
São palavras inúteis
idéias tão frágeis
que lhe gastam o tempo e a razão
e os eternos jogos mentais
sobre coisas banais
Seus ouvidos não digerem
mais que a contundente ponta do compasso... (repete)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guilherme Arantes no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS