Página inicial > Rap > G > Guido Cnr > Prisão

Prisão

Guido Cnr


Cumpriu-se a profecia é chegada a hora da agonia
Se engano quem duvido quem diz que troia não caia
Milhares não queriam milhões batem palma
Mas sozinho eu sinto a dor, a tristeza na alma
Sem saber fugir do trauma me sinto pequeno
Nas veia eu sinto a dor a pressão do veneno
Por dentro me corroendo com calafrio e tremendo
Primeira visão dos olhos lágrimas correndo
Sonhos se corrompendo força se perdendo
A meia campo de batalha um guerreiro morrendo
Sofrendo por dentro
Se montando a os rementos em meio aos lamentos
coração doendo

Hoje tá tão difícil ter sol
Se as coisas andam mal irmão é natural
Até dizer que o tempo parou
Mas saiba tudo volta ao normal, tudo volta ao normal (2x)

Escurece a visão a luz deu lugar a escuridão
Bem vindo ao novo mundo cod-nome é prisão
Onde amigos sumirão, estrelas não brilharão
Onde única certeza é que porta se fecharam
Joelhos se dobraram, mãos se amararam
Bocas se calaram e olhos que choraram
Coisas que se pensaram, anos que se passaram

Lembranças que se foram e nunca mais voltaram
Idéias se imaginaram personagem se criaram
Mundo falso que eu criei e um dia me abandonaram
Homens que me julgaram no fim me condenaram
Hoje eu só quem mais temia o monstro que os criaram
Não me regeneraram só me humilharam
Coisas boas que existiam dentre mim mataram
Meu mundo foi pelo ralo, meus pulmões não suportaram
curioso em conhecer meu novo ser,se preparem

Refrão
Hoje tá tão difícil ter sol
Se as coisas andam mal e o mal é natural
Até dizer que o tempo parou
Mas saiba tudo volta ao normal, tudo volta ao normal (4x)

Letra enviada por eduarda freda

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Guido Cnr no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS