Mira

Grupo Voz


Mira, mira o teu raio fulminante
e não é por que eu tenho andado aqui
que me atrevo a dizer o que vi;
Mira, mira tua lança flamejante
e não é por que a luta é maior dessa vez
que não vamos matar e morrer outra vez;
Ei você não olha por onde vai,
sobre os teus ombros a cabeça cai
procuras o quê?
Por que não sai dessa roda gigante?
a mesma, mesma mentira repete, repete
o vazio e enquanto seguimos covardes
distantes ficamos de Deus;
É certo que a fé nos traz força e com força se vence o mal,
mas só não germina a semente mais viva
se o corpo e a alma se entregam ao tolo desejo animal,
São nossas palavras são de coração
e é nosso desejo compreender essa canção.

Compositor: Rodrigo Londero/gustavo Dall'acqua

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Grupo Voz no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS