Ajoelha E Chora

Grupo Tradição

Habanera Brasileira


Tava cansado de me fazer de bonzinho
Te chamando de benzinho,
De amor e de patroa
Essa malvada me usava e me esnobava
E judiava muito da minha pessoa

Endureci, resolvi bancar o machão
Daí ficou bem bom
E agora é do meu jeito
De hoje em diante
Sempre que eu te chamar
Acho bom tu ajoelhar
E me tratar com respeito.

refrão 2x
Ajoelha e chora
Ajoelha e chora
Quanto mais eu passo o laço
Muito mais ela me adora

Mas o efeito do remédio que eu dei
Foi melhor do que pensei
Ela faz o que eu quiser.
Lava roupa, lava prato,
Cuida dos filhos
Anda nos trilhos
Tomou jeito essa muié

Faz cafuné,
Me abraça com carinho
Me chama de docinho
Comecei a me preocupar
E tô achando que essa mulher danada
Ficou mal acostumada
E tá gostando de apanhar

Compositor: By Luiz Cláudio/ Maruinhos Ulian/ Sandro Coelho

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Grupo Tradição no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS