O Oposto

Grupo Ramami


Não me diga o que devo fazer
Não preciso de explicações
Eu sei de tudo do que se pode ser
Não me venha com insinuações
Só não espere o que esperam de mim
Discursos longos, tribunais são mesmo assim
Não lembre, esqueça tudo que lhe falei
Eu digo algo miro alvo de uma próxima vez outra vez

Você quer quando eu não quero
E eu te quero sem querer te quero sem querer
És o oposto do meu ego
És algo que um louco jamais poderá entender

Não pense que eu te odeio
Me faz pensar que sou assim
Fora do ser, fora do sério
Fora de mim Fora de mim
Viva: sonhe, ame, me odeie
Ou viva sem jogar viva sem jogar
A vida assim não vale nada
Piada sem graça eu não quero contar
Não quero contar

Você quer quando eu não quero
E eu te quero sem querer te quero sem querer
És o oposto do meu ego
És algo que um louco jamais poderá entender

Não pense que eu te odeio
Me faz pensar que sou assim
Fora do ser, fora do sério
Fora de mim Fora de mim
Viva: sonhe, ame, me odeie
Ou viva sem jogar viva sem jogar
A vida assim não vale nada
Piada sem graça eu não quero contar
Não quero contar

Compositor: Marco Lá Pher Si/Marquinhos Aurélio

Letra enviada por Marcela Persi

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Grupo Ramami no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS