Receita de Um Cantor

Grupo Ecos do Fandango


eu sigo batendo mango
nos corcoviu dessa vida
sou taura que não se entrega
não tenho a alma ferida
sou igual um puro sangue
bagual e corcoviador
sou indío que inpunha a lança
sou guerreio sim senhor

i quem não acreditava
pra muitos sou um leão
subirão escada e desceram
deram com a cara no chão
quem por mim não dava nada
me chamão hoje de patrão
conheço os meus amigos
e os amigos que não são

pacholas rirão de mim
são poutros que não tem brilho
correram em cancha reta
mas se perderão no trilho
até que sei comprender
matungos de uma jornada
quando se perde nas patas
ficão de cabeça inchada

o remédio nessa hora
receita de um cantor
um exame de conciência
vai curar a tua dor
construo em meu coração
elos fortes e correntes
prá prisionar o amor
que falta pra muita gente

Compositor: Silvio A De Lima João Batista M Onorio

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Grupo Ecos do Fandango no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS