Página inicial > Pop > G > Grupo Dominó > Bruta Ansiedade

Bruta Ansiedade

Grupo Dominó

Dominó (1988)


Estou aqui a poucas horas
Acabo de chegar e já estou mal
Quero me mandar

Nem adianta vir de cor-de-rosa
Que agora anda tudo escuro
Tudo tão normal
E sempre sem parar

A cidade cega o nosso olhar
Acostumado a ver o céu e o mar
O céu, o mar...
Onde é que eu vou morar?

Sem a luz do dia, do luar
Sem o verde não dá pra ficar
Não dá, não dá...
Não dá pra segurar...

É uma bruta ansiedade
Periga sufocar
O vento fica na saudade
Do ar, do ar, do ar

É uma bruta ansiedade
Periga a sufocar
O vento fica na saudade
Do ar, do ar, quero respirar! Quero respirar!

Eu qualquer dia desapareço
No meio da fumaça e dos faróis
E vamos todos nós

A cidade cega nosso olhar
Acostumado a ver o céu e o mar
O céu, o mar...
Onde é que eu vou morar?

Sem a luz do dia, do luar
Sem o verde não dá pra ficar
Não dá, não dá...
Não dá pra segurar...

É uma bruta ansiedade
Periga sufocar (periga sufocar)
O vento fica na saudade
Do ar, do ar, do ar

É uma bruta ansiedade
Periga sufocar (periga sufocar)
O vento fica na saudade
Do ar, do ar, quero respirar! Quero respirar!

O vento fica na saudade
Do ar, do ar, do ar

É uma bruta ansiedade
Periga a sufocar
O vento fica na saudade
Do ar, do ar, do ar,
Do ar....

# Lyrics by fabiom #

Compositor: Javier Losada/Daniel Maroto/Edgard Poças

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Grupo Dominó no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS