• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    (...Tu...)
    Strade di case grigie di neve sporca,
    te ne vai
    (...tu...)
    sono le otto la Standa è già chiusa e il mio letto
    ti dice ciao

    Io sono sempre più solo
    ed intorno la mia città
    cravatte di seta di povera gente che vive
    dentro un metrò.

    E al mattino penserai
    fra il caffè e la tua realtà
    come è strano insieme a lui
    proprio in mezzo alla città.

    (...tu...)
    una vestaglia, vini di Creta, dischi
    (...quel che mi hai dato...)
    di Leonard Cohen (...io...)
    le mie canzoni, le mie scenate comiche
    (...quel che ti ho dato...)
    di Charlott

    Cosa farai questa notte,
    una luce si spegnerà
    ed il freddo, le luci,
    la rabbia, la nebbia e l'amore
    che se ne va.

    Ma al mattino penserai
    fra il caffè e la tua realtà
    come è strano insieme a lui
    proprio in mezzo alla città.

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Francesco de Gregori

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.