Página inicial > G > Goballa > Até O Próximo Segundo

Até O Próximo Segundo

Goballa


Simplesmente uma rajada atinge o rosto e não há
ninguém
É só piscar e você já se foi
Aonde a razão não vai
O lugar que eu caminhava com você
O mundo inteiro sempre em nossas mãos
Até o próximo segundo

Seu eixo sempre variava
Indo em outra direção
Senão
Um olhar uma plavra
Jeito estranho de dizer
O que só eu serei capaz
De entender

{refrão}
Sentimento que me faz gritar
E até sorrir ao mesmo tempo
Não resisto e hei de decifrar
Sua multipersonalidade

Sendo assim nem tão ruim
Amargo e doce é o sabor
Sua inconstância tempera toda paixão
Que se esconde no interior

Sempre forte!sempre viva!
Será memória ou invenção?
Ninguém entende ou justifica
O que vem do coração
mas a brasa ferve dentro
E me aquece em fronte ao vento

Então....
Se retorna assim
Mesmo sem admitir
Sei que quer me possuir
Pois não
Sem trocar uma palavra
Seu olhar me diz que sim
Pois já sabe que em mim
Está em casa

{refrão}

Sobre o céu , sobre o tempo e além

{refrão}

Compositor: Gabriel Tenser

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Goballa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS