Não Nego, Sou Servo

Gisele Nascimento

Janelas da Alma


O evangelho de Jesus
Precisa ser pregado
Não posso esconder
Pecado ainda é pecado
Fechar os olhos
Passar despercebido
Ser como João Batista
Pregar o que eu vivo

Eu sou luz, sou sal, eu levo a cruz
Não nego, sou testemunha de Jesus
Eu levo a bandeira da minha cidade
Sou cidadão do céu, é minha identidade

Eu renuncio o mundo, prefiro o céu
Eu abro mão de tudo, sou como Daniel
Dos manjares do pecado não me sirvo
Eu morro pro mundo e vivo pra Cristo

Não nego, não nego
Eu sirvo a Cristo
O nome Dele que eu levo
Sou servo, sou servo
Mesmo na cova
O meu Deus eu não nego

O príncipe das trevas decretou
Que todo aquele que invocar
O nome do Senhor
Vai ser jogado numa cova pra morrer
E os leões famintos poderão comer
Podem lançar, podem jogar
O meu Deus ali na cova vai entrar
Leão vai jejuar e eu vou descansar
Meu Deus entra comigo, eu não vou negar

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gisele Nascimento no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS