Gilmelândia
Página inicial > G > Gilmelândia > Vamô Embolando

Vamô Embolando

Gilmelândia


Vamô Embolando (Participação Especial: Elba Ramalho)

A mulher do boi é a vaca
A mulher do facão é a faca
A pimenta é da pimenteira
A goiaba é da goiabeira
Quem cochicha o rabo espicha
A moleza é irmã da preguiça
O destino é cumpadre da sorte
A cumadre da vida é a morte
Vamô embolando, vamô embolando, vamô embolando
Para ver no que dá
Vamô embolando, vamô embolando, vamô embolando
Até o dia clarear
É o cravo que enfeita a lapela
A menina que enfeita a janela
É o homem que é o lobo do homem
Quem não chora dorme com fome
O caroço é fruto da fruta
O menino com a vara cutuca
A mentira tem perna curta
Mesmo assim ela vai longe
E é coxa batendo com coxa
E é moço de olho na moça
Sanfoneiro acerta na mosca
Um forró bom da gota
A zabumba fica apimentada
Triangueiro apressa a pegada
A sanfona dá uma acelerada
O forró vai virando embolada
A menina ta no papo
Genipapo ta no mato
O rato ta no buraco
No buraco do sapato
Que não ta rico, ta roto
Que não ta reto, ta torto
Tem gente chupando dente
Tem gente roendo osso

Composição: (Tenison Del Rey / Paulo Vascon)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gilmelândia no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS