Página inicial > Regional > G > Gildo de Freitas > Desafio do Padre Rubens Pilar

Desafio do Padre Rubens Pilar

Gildo de Freitas


(Atenção senhoras e senhores
teremos agora o desafio
do padre Rubens Pillar
com o trovador dos pampas
Gildo de Freitas)

-O meu legado de padre
Sei que todo povo aceita
Estou bem acompanhado
Cantando com Gildo Freita
E o povo têm confiança
Que a trova será direita

-Ai que a trova será direita
Eu também fico satisfeito
De vim trovar com um padre
Fazendo os versos direito
És mensageiro de Deus
Merece todo o respeito

-Merece todo o respeito
Nós somos dois mensageiros
Tu vem trazendo a mensagem
No linguajar dos campeiros
Na tradição do Rio Grande
Os corações dos brasileiros

-Pra os corações dos brasileiros
E a tua voz se alevanta
Tu hoje rezaste a missa
E rogaste ao pé da santa
Viste mostrar ao povo
Que tu reza e também canta

-Que eu sou padre e também canto
E admiro a natureza
Deus admira a alegria
Eu disto tenho certeza
Se todo mundo cantasse
Não existia tristeza

-E não existia tristeza
E de fato não existia
É por isso é que eu pego a gaita
E canto todos os dia
No coração do gaúcho
A tristeza não se cria

-A tristeza não se cria
E de fato não convém
Me responda Gildo Freita
Sei que te conheço bem
Se és solteiro se és casado
E qual a religião que têm

-Sou casado pai de filhos
E vou contar o meu batismo
Me batizei pelo padre
Na lei do catolicismo
Mas conheço saravá
Também o espiritismo

-E também de espiritismo
Já me deste informação
Por ires ao saravá
Não deixas de ser cristão
Tu podes vim a ser padre
Na futura encarnação

-Ai na futura encarnação
A gente vem deferente
E eu quero andar de batina
Batizando os inocente
E tu vai vim pai de santo
Com forte médium e vidente

-Se eu vier médium e vidente
Conforme tua analisa
Eu vou seguir dando os passe
Nessa gente que precisa
E tu no papel de padre
Casa, confessa e batiza

-Eu caso, confesso e batizo
E recebo a ordem do além
E tu cuida o saravá
Que aquilo eu conheço bem
Receba só guias bons
Não faça mal a ninguém

-Não faça mal a ninguém
Mesmo eu tendo pra isso
Fazer o bem eu consinto
De fazer mal eu desisto
Porque devemos seguir
As leis sagradas de Cristo

-Ai as leis sagradas de Cristo
Que tanto sofreu na cruz
E as almas sofredoras
Que andam nas trevas sem luz
Hão de achar o caminho
Chegar ao pés de Jesus

-Chegarão aos pés de Jesus
Pra ele pedir perdão
Que seria perdoado
E ganhava a salvação
E isto só se adquire
Por meio da religião

-Ai por meio da religião
Que é tudo na nossa vida
Agora chegou a hora
De fazer a despedida
E deixar o nosso abraço
A esta gente querida

-A está gente querida
A este povo amigo
Me foi o maior prazer
Ter esta trova contigo
Uma trova com respeito
Com outro eu não consigo

-Ai com um outro eu não consigo
Tu me responsabiliza
Fazer trova com respeito
É cousa muito precisa
O povo aproveita mais
E as trovas se moraliza

-E a trova se moraliza
E que gostaram eu garanto
Rezando na minha igreja
Todo este povo eu levanto
Me despeço de vocês
Pai, Filho e Espírito Santo

-Pai e Filho e Espírito Santo.
E o amém das multidões
E eu peço um raio de luz
Para todas as religiões
Que conserve esta alegria
Hoje em todos os corações

por nelson de campos

Compositor: Gildo De Freitas

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gildo de Freitas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS