Vitrines

Gilberto Gil

Revisitado


As vitrines são vitrines
Sonhos guardados perdidos
Em claros cofres de vidro

Um astronauta risonho
Como um boneco falante
Numa pequena vitrine
De plastico transparente
Numa pequena vitrine
Na escotilha da cabine

Mundo do lado de fora
Do lado de fora ilha
A ilha terra distante
Pequena esfera rolante
A terra bola azulada
Numa vitrine gigante

O cosmo lotou a vitrine
O cosmos de tudo nada
De éter de eternidade
De qualquer forma vitrine
Tudo que seja ou que esteja
Dentro e fora da Cabine
A cosmonave nata
Acoplados num fluido
Uma vitrine gigante
Lata forma de vitrine

Eu penso nos olhos dela
Atras das lentes azuis
Dos óculos encantados
Que ela viu numa vitrine
Óculos que eu dei a ela
Num dia de muita luz

Os óculos são vitrines
Seus olhos azuis meu sonho
Meu sonho de amor perdido
Atrás de lentes azuis
Vitrines de luz seus olhos
Infinitamente azuis

As vitrines são vitrines
Sonhos guardados perdidos
Em claros cofres de vidro

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gilberto Gil no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS