• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Quando o agogô soar
    O som do ferro sobre o ferro
    Será como o berro do bezerro
    Sangrado em agrado ao grande Ogum

    Quando a mão tocar no tambor
    Será pele sobre pele
    Vida e morte para que se zele
    Pelo orixá e pelo egum

    Kabieci lê - vai cantando o ijexá pro pai Xangô
    Eparrei, ora iêiê - pra Iansã e mãe Oxum
    "Oba bi Olorum koozi": como deus, não há nenhum

    Será sempre axé
    Será paz, será guerra, serafim
    Através das travessuras de Exu
    Apesar da travessia ruim

    Há de ser assim
    Há de ser sempre pedra sobre pedra
    Há de ser tijolo sobre tijolo
    E o consolo é saber que não tem fim

    Kabieci lê - vai cantando o ijexá pro pai Xangô
    Eparrei, ora iêiê - pra Iansã e mãe Oxum
    "Oba bi Olorum koozi": como deus, não há nenhum

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Gilberto Gil

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.