Página inicial > MPB > G > Gilberto Gil > Gueixa No Tatame

Gueixa No Tatame

Gilberto Gil

Banda Larga Cordel


Não sou de queixa
Mas a gueixa me iludiu
Logo de cara, umeboshi
Uma ameixa salgada
Quieto, seu mano engoliu
Um forte impacto no ilíaco
Mas se era afrodizíaco, tudo bem
Gueixa não é sempre que se tem assim
Depois ela serviu, sake, sushi, nato, tofu
Como encontrar apetite pra tanto palpite no menu
Não sei se vinha da ameixa mas a deixa era
Luzes, câmera, ação !
Não aguentava mais meu coração

Minha gueixa no tatame
Parecia um camafeu
Uma gueixa no tatame
E eu ali perto do céu
Olhei pra ela e disse
Sonho, sonho meu
Nesse mesmo instante
Incontinente ela adormeceu
Não foi possível libertá-la do morfeu

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gilberto Gil no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS