Motim

Gil Valente


Meu coração navega o mar
Na direção de uma constelação
O vento venta a vela voa
E sem você meu coração fica a deriva
A esse amor que não me deixa em paz
Vive magoado, insatisfação

Confesso nosso amor virou motim
A pata cega ta na prancha
O mar azul distante lança
Acordei terra a vista!
Caio em terra por você

Confesso nosso amor virou motim
Um tiro certo nos desmonta
O mar azul de mangue mancha
Acordei terra a vista, aportar!

E eu que lancei mão até dos meus faróis
Fui mar adentro a duzentos nós
O vento venta a vela voa
E sem sofrer meu coração se cauteriza
A esse amor que não deixa em paz
Vive inebriado de contestação

Confesso nosso amor virou motim!

Letra enviada por Gil Valente

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gil Valente no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS