Gerson Rufino

O Senhor do tempo

Gerson Rufino


Dói, até parece que não terá fim
Que o melhor então é desistir
Que essa guerra é desnecessária
Estás sozinho em meio a caminhada
Dói sorrir quando a vontade é chorar
Calar quando a vontade é falar
E se humilhar por quem ainda lhe feriu na estrada
Cantar quando não existe motivos
Adorar com o coração ferido
E se humilhar quando a resposta dele pra mim for um não
Orar mesmo que o céu pareça estar de bronze
E que pareça que Deus está longe
Mais sei que estás atento sempre a minha oração

Eu posso estar aqui
Mas sei que estás aí, ainda estás me vendo
Eu não vou desistir
Pois sei que é um Deus lutando em meu favor
Eu vou continuar acreditando, isso é só um momento
O ponteiro gira e o Senhor do tempo
Se levantará pra atender o meu clamor
O meu clamor

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gerson Rufino no Vagalume.FM

Mais ouvidas de Gerson Rufino

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS