Gerson Rufino

O Nazareno

Gerson Rufino


O NAZARENO (GERSON RUFINO)




SOFRENDO TUDO, O CORDEIRO MUDO, O FILHO SEM PAI
OLHA O NAZARENO, POUCO A POUCO MORRENDO NAZARENO


OLHA O CARPINTEIRO, TRISTE PELO CAMINHO
A CRUZ SOBRE SEUS OMBROS, SOBRE A CABEÇA ESPINHOS
OLHA O NAZARENO, SENDO CHICOTEADO, SEU SANGUE PELAS
RUAS, POR TODOS HUMILHADO
OLHA O NAZARENO, SENDO CHICOTEADO, SEU SANGUE PELAS
SE ENTREGOU PRA CUMPRIR, OS PROJETOS DE DEUS
QUE POR AMAR O MUNDO, SEU FILHO NÃO POUPOU
SOFREU NAQUELA CRUZ, MORREU POR AMOR



OLHA O CARPINTEIRO, PREGADO NO MADEIRO, SOFRENDO TUDO,
OCORDEIRO MUDO, O FILHO SEM PAI.
OLHA O NAZARENO, POUCO A POUCO MORRENDO, POR MEUS
PECADOS, FOI CRUCIFICADO, POR AMAR DE MAIS (SOLO)

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gerson Rufino no Vagalume.FM

Mais ouvidas de Gerson Rufino

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS