Gerson Rufino

Nova morada

Gerson Rufino


Deixei as festas noturnas
Abandonei os meus amigos
O carro de pesca que eu tinha
Eu também deixei

A bebida que era meu fraco
Eu tive que mandar embora
As roupas extravagantes
Desfiz na hora

Falaram que fiquei louco
Troquei o tudo por nada
Esse nada é o suficiente
Pra ir na nova morada

Troquei as noites de insônias por um descanso de rei
Troquei os falsos amigos verdadeiros só um eu achei
Troquei as minhas fraquezas pela fé que eu encontrei
Minhas vestes hoje são brancas com Jesus eu me abracei

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gerson Rufino no Vagalume.FM

Mais ouvidas de Gerson Rufino

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS