Gerson Rufino

Felicidades

Gerson Rufino


Abri a porta e saí a sua procura
Mais uma vez o coração eu escutei
Te procurei num balcão só de lamentos
E em tantos copos, também não te encontrei

Te procurei onde a droga dominava
Mas foi com a morte que eu me deparei
Caí nos braços da vergonha e com trapaças eu me fiz
A sua falta ainda me acusa, sou infeliz

Felicidade onde é que você mora
Qual telefone que eu posso te encontrar
Me dê o seu e-mail, endereço ou celular
Não suporto essa espera, eu preciso te encontrar

Felicidade, onde é que você mora
Diga até onde vai o sofrimento meu
Depois de tanto tempo, minha esperança morreu
Quando encontrei Jesus Cristo, felicidade apareceu

Te procurei onde a droga dominava
Mas foi com a morte que eu me deparei
Caí nos braços da vergonha e com trapaças eu me fiz
A sua falta ainda me acusa, sou infeliz

Felicidade onde é que você mora
Qual telefone que eu posso te encontrar
Me dê o seu e-mail, endereço ou celular
Não suporto essa espera, eu preciso te encontrar

Felicidade, onde é que você mora
Diga até onde vai o sofrimento meu
Depois de tanto tempo, minha esperança morreu
Quando encontrei Jesus Cristo, felicidade apareceu

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gerson Rufino no Vagalume.FM

Mais ouvidas de Gerson Rufino

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS