Gerson Rufino

Basta Uma Palavra

Gerson Rufino


Basta uma palavra dele, assim falou o oficial
Se ele ordenar a cura, nem precisa vim aqui
Desaparece este mal
Um dos servos que ele amava, quase morto
Se encontrava, ele a Jesus mandou dizer
Nem precisa ir lá em casa de lá mesmo ele opera
Eu conheço o seu poder
Ele ainda acrescentou diga ao mestre por favor
Que tenho muitos ao meu serviço, eu ordeno
E eles vão, cumpri com dedicação
Fazem jus ao compromisso
Agora imagine eu, quem sou eu perante ele
Deus a ele tudo deu, todos os dons estão nele
Não há impossível pra ele, porque ele é o filho de Deus

Se ele ordena a dor se vai, vai, vai, vai, vai, vai
Se ele fala a morte sai, sai, sai, sai, sai, sai, sai
Queima o mal pela raiz e sem deixar a cicatriz
Qualquer doença ele extrai
Quando ele quer o cego ver, o cego ver, o cego ver
Nada limita o seu poder, o seu poder, o seu poder
Todos os dons estão nele
Aqui tem a presença dele com milagres pra você

Ele ainda acrescentou diga ao mestre
Por favor que tenho muitos ao meu serviço
Eu ordeno e eles vão, cumpri com dedicação
Fazem jus ao compromisso
Agora imagine eu, quem sou eu perante ele
Deus a ele tudo deu, todos os dons estão nele
Não há impossível pra ele, ele é o filho de Deus

Se ele ordena a dor se vai, vai, vai, vai, vai, vai
Se ele fala a morte sai, sai, sai, sai, sai, sai, sai
Queima o mal pela raiz e sem
Deixar a cicatriz qualquer doença ele extrai
Quando ele quer o cego ver, o cego ver, o cego ver
Nada limita o seu poder, o seu poder, o seu poder
Todos os dons estão nele
Aqui tem a presença dele com milagres pra você

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gerson Rufino no Vagalume.FM

Mais ouvidas de Gerson Rufino

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS