Um Cara de Pau

Geovany Reis e Fabrício


Dizem por aí que eu vivo na noitada
Não tenho endereço e que eu não ligo pra nada
Falam muito de mim
mas não é bem assim

Que eu só tenho cara de sujeito bacana
Mais que eu não passo de um safado e sacana
E quem cair na minha mão
vai sofre solidão

Eu sei que não sou água de beber
Não dá pra negar quem me olha já vê
Mais eu sempre aviso
Não tenho juízo
E faço é por fazer

É que por amor já sofri chorei
Já fiquei de porre já bati briguei
Mais eu aprendí
Então decidí
Meu coraçao congelei

[refrão]
Eu quero é ser feliz
E não sofre por ninguém
Eu tô pra zueira pra fazer besteira
Pode vim que tem.
Hoje eu vou causar
Tô de alto astral
Tô que tô fervendo eu tô um veneno
Um cara de pau!

Compositor: Geovany Reis / Adilson Benassi

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Geovany Reis e Fabrício no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS