Liberdade

Genomma


Meu amigo vocĂȘ acha tĂŁo difĂ­cil ter
A liberdade
E acha melhor estar morto pra aliviar

Meu amigo me desculpe mas eu me descordo de vocĂȘ
HĂĄ tanto pra viver
HĂĄ tanto pra viver

VocĂȘ diz que a liberdade se compra
Muitos nem sabem o que Ă©
Reclamam de suas vidas
Mas nem conhecem a fé
Olhem em sua volta
E veja o que o mundo Ă©

E veja o sol nascer no campo
Sinta a chuva te molhar
O forte vento das montanhas
E o balanço do mar

E veja o mundo como Ă© belo
E vocĂȘ pode desfrutar
Com o sorriso de uma criança
Ou ver um pĂĄssaro voar

A liberdade nĂŁo se compra,
NĂŁo se vende, nĂŁo se dĂĄ e nĂŁo se empresta
EstĂĄ dentro de vocĂȘ
Sempre com vocĂȘ

A liberdade faz o cego enxergar
Na escuridĂŁo faz brilhar
Um modo diferente
De ser feliz
E ser feliz

VocĂȘ diz que a liberdade se compra
Muitos nem sabem o que Ă©
Reclamam de suas vidas
Mas nem conhecem a fé
Olhem em sua volta
E veja o que o mundo Ă©

E veja o sol nascer no campo
Sinta a chuva te molhar
O forte vento das montanhas
E o balanço do mar

E veja o mundo como Ă© belo
E vocĂȘ pode desfrutar
Com o sorriso de uma criança
Ou ver um pĂĄssaro voar

E veja o sol nascer no campo
Sinta a chuva te molhar
O forte vento das montanhas
E o balanço do mar

E veja o mundo como Ă© belo
E vocĂȘ pode desfrutar
Com o sorriso de uma criança
Ou ter alguém para amar

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Genomma no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS