Cedo Demais

General Tequila


Cedo demais – General Tequila

Tem horas que a vida tem o mesmo sabor
De uma coca-cola sem gás
Tem dias que agente prefere apagar
Que é pra nunca mais lembrar
São altos e baixos, todo mundo me diz
Mas do enjôo ninguém quer falar
Enchendo meu saco, com velhos clichês
Que somam mais peso à bagagem
E já que a minha eu carrego sozinho
Eu tenho direito de discutir comigo mesmo
O espelho só ri da minha cara
Nunca vai me responder

(refrão)
Por que as coisas nunca podem ser
Do jeito que eu quero ao menos uma vez
Por que é que os dias custam tanto a passar
E a noite que é boa sempre acaba cedo demais

Tem certas pessoas que me tiram do sério
Pelo simples fato de existir
Tem horas que nem o mais puro prazer
Preenche as lacunas em mim
Não quero soar como um velho ranzinza
Que enxerga tudo cinza e sente frio
Por ser incapaz de abrir as janelas
E deixar a luz do sol invadir
Mas eu não sinto forças pra lutar
Não sinto nada além de uma estranha paz
É tudo tão frio e tão vazio aqui, tão quieto aqui...

(refrão)
Por que as coisas nunca podem ser
Do jeito que eu quero ao menos uma vez
Por que é que os dias custam tanto a passar
E a noite que é boa sempre acaba cedo demais

(4x)
cedo demais

E a noite que é boa sempre acaba cedo demais

cedo demais

(refrão)
Por que as coisas nunca podem ser
Do jeito que eu quero ao menos uma vez
Por que é que os dias custam tanto a passar
E a noite que é boa sempre acaba cedo demais

(2x)
cedo demais
acaba cedo demais

acaba cedo demais
cedo demais

By Thiago

Compositor: Andy/cassio

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a General Tequila no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS